jump to navigation

Impaciência e falta de atenção são as principais causas de acidentes que conturbam o trânsito de Curitiba dezembro 17, 2009

Posted by Amanda Bozza in Uncategorized.
trackback

Repórter Amanda Bozza

O trânsito de Curitiba está em situação cada vez mais caótica, engarrafamentos, motoristas estressados, falta de lugar para estacionar. Porém apesar do caos, a Polícia Militar aponta que cerca de 10% dos problemas de trânsito na cidade são relacionados por acidentes envolvendo pedestres descuidados.

Hoje no país 35% da população se locomove a pé, enquanto 28% locomovem-se de carro, fato que registra aproximadamente seis mil mortes anualmente, sendo que para cada morte, duas pessoas ficam inválidas e sete com sequelas.

Entre as colisões mais comuns está o atropelamento de pedestres, em 4º lugar com 667 ocorrências. Um bom exemplo é a Avenida Victor Ferreira do Amaral, que durante o ano de 2009 esteve entre as primeiras colocadas em acidentes.  A avenida é muito movimentada e apresenta trechos onde o pedestre deve ter o dobro de cuidado na travessia. 

Os pontos mais críticos da Avenida são os cruzamentos com a BR-476, no Tarumã e com a Rua Brasílio de Lara, na divisa com o município de Pinhais.  Para o pedestre resta seguir as leis de trânsito e lembrar que em uma situação se é pedestre, noutra passageiro e em outro condutor, e que seguir as normas pode salvar vidas.

De acordo com Cristofer Borges, palestrante do projeto educação no trânsito do DETRAN, o que é necessário é uma mudança de hábito. “O pedestre precisa entender que o seu mau comportamento influencia, e ser educado no trânsito é fundamental”.

Para a professora Ane Luize Perrout a educação para o trânsito começa desde cedo. “Temos que orientar as crianças a também serem bons pedestres, se todos nós tomássemos os devidos cuidados o trânsito seria um lugar melhor”.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro no artigo 254, o pedestre está proibido de andar ou permanecer na rua (exceto quando estiver atravessando de um lado para o outro), cruzar a rua em cima de viadutos, pontes ou túneis, andar fora da faixa de pedestre quando existem passarelas e passagens subterrâneas e desobedecer à sinalização. A desobediência é enquadrada como infração leve e pode gerar multa.

 

A grande extensão e movimentação de carros da Avenida Victor Ferreira do Amaral, pede cuidado redobrado do pedestre.

 Para saber mais sobre a educação no trânsito acesse:  http://www.educacaotransito.pr.gov.br/

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: