jump to navigation

Avaliação socioecômica para se obter o direito da defensoria pública dezembro 8, 2009

Posted by ricardotavares in 4JOAD, Cotidiano, Tarumã.
trackback

As Faculdades Integradas do Brasil (Unibrasil) disponibiliza estagiários do 7º, 8º, 9º e 10º período de advocacia para a comunidade.  Pessoas com ganho de até três salários mínimos têm o direito ao serviço gratuito. Pedidos de pensão alimentícia, exame de paternidade e conflitos familiares são os casos que mais a defensoria pública trata.

As pessoas que se interessarem por esses serviços, têm que passar por uma avaliação socioeconômica na rua da cidadania mais próxima de sua residência. “No meu caso tive que ir à rua da cidadania do Bairro Novo, pois meu endereço caiu nesta regional”, comenta Lilian. “Tive que levar a última conta de telefone, duas testemunhas que me conheciam e comprovante de renda para ser atendida” diz.

Para a aluna do curso de publicidade e propaganda Fernanda Alves, a faculdade teria que disponibilizar para a comunidade de baixa renda todos os cursos. “Acho um absurdo uma faculdade desse tamanho oferecer somente um serviço”. Outro fator que Fernanda comenta que as informações sobre este serviço não é difundida na própria universidade.

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: