jump to navigation

Um lugar que ninguém vê outubro 23, 2009

Posted by bruna2009 in Uncategorized.
trackback

Embora quem passe pela Avenida Victor Ferreira do Amaral no Tarumã tenha a impressão de um bairro em desenvolvimento, com estádio de futebol, jóquei, industrias, órgãos públicos, não percebe que a realidade se esconde atrás da Escola Estadual Paulo Leminski e das Faculdades Unibrasil seguindo até A Superintendência Regional Leste do DER (Departamento deEstrdas de Rodagem) .A chave para encontrar o outro lado do Tarumã é seguir o braço de rio que corta a Avenida junto ao Detran, ao lado do centro de treinamento do Paraná Clube.

 

 Ali encontramos a Madalena Silva Barbosa, moradora da região há mais de 30 anos.Ela comenta que em tempos de chuva o rio transborda e deixa os moradores a mercê das doenças,bactérias e principalmente da falta de higiene.”Dá pra ver os ratos passando por ali como se fosse um esgoto a céu aberto,não é um rio, é um valetão”,exclama Madalena. Os problemas da comunidade que se baseiam em torno do rio,seguem as conseqüências de uma sociedade invisível em meio a “cidade grande” que cresce em torno do mesmo rio que corta a avenida.

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: