jump to navigation

Os prós e os contras da rota alternativa entre Pinhais e Curitiba setembro 28, 2009

Posted by MarciaStoppa in 4JOAD, Moradores, Ruas, Tarumã, Transporte.
trackback

O tempo é relativo, até mesmo na Zona Leste . Na rotina de um universitário,  15 minutos de sono podem ser pouco. Mas todo esse período parado em um engarrafamento, pode ser uma eternidade.  E é exatamente para ganhar tempo que Gisleine Moreira opta por uma rota alternativa para ir de  Pinhais à UniBrasil. O padrão de deslocamento de Pinhais até a faculdade é pela Victor Ferreira do Amaral. Em horário de pico pode levar até 30 minutos. Já pela José Veríssimo o tempo cai para 10 minutos, em média.

A Rua José Veríssimo liga dois bairros de Curitiba (Tarumã e Bairro Alto) a um bairro de Pinhais (Emiliano Perneta). Essa via é paralela à Av.Victor Ferreira do Amaral e fica a uma quadra do cruzamento da Victor com a Konrad Adenauer.

No trecho que sai do Tarumã (ao lado do Paraná Clube) a caminho de Pinhais, Gisleine encontra além de poucos carros muitos buracos. Mesmo assim, ela considera ser melhor enfrentar alguns problemas no asfalto que ficar parada por mais de 20 minutos na Victor do Amaral.

O asfalto recapado em vários trechos e a presença de poucos semáforos (apenas dois até a rotatória em Pinhais) são o motivo do taxista Everton Piazentin ter desistido de usar essa rota alternativa. Ao contrário de Gisleine, Piazentin já perdeu a conta do gasto extra com pneus. Como ele utilizava esse caminho para levar sua esposa ao trabalho (de Pinhais até o centro de Curitiba) toda a manhã durante três anos seguidos, a manutenção do seu veículo aumentou em 20%.

Temos duas situações bem distintas.  Gisleine optou pela  economia de tempo ignorando problemas no percurso.E Piazentin  preferiu perder um pouco mais de tempo (cerca de 25 minutos no percurso total) a ter que mexer no orçamento doméstico.

Comentários»

1. MarciaStoppa - setembro 29, 2009
2. Karine Rosa - setembro 30, 2009

Oi Marcia, tudo bem?

Muito legal esse seu texto, faz pensar em qual trajeto tomar. Ficou legal saber os pontos negativos e positivos de um outro caminho.

Karine – 4º JOAD

3. Professor - outubro 1, 2009

15 minutos de sono pode ser pouco ou podem ser pouco?

4. Professor - outubro 1, 2009

na linha seguinte, a mesma coisa: pode ou podem ser uma eternidade?
Dar um jeito também de não repetir “15 minutos” tantas vezes no início.

5. Professor - outubro 1, 2009

arrumar o título (Rota vira rota). Complementar, nem que ocupe duas linhas: rota alternativa em Pinhais e Curitiba.

6. MarciaStoppa - outubro 1, 2009

Correções efetuadas.Obrigada a todos pelas correções e palavras de incentivo.Esse é o único modo de evoluir.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: