jump to navigation

Moradores do Bairro Alto sofrem com pouca estrutura pluvial dezembro 8, 2008

Posted by nando2007 in Bairro Alto, Moradia, Ruas.
Tags: , , , ,
trackback

No dia 15 de fevereiro deste ano, os moradores da Rua Epaminondas Santos, no Bairro Alto, sofreram com um forte alagamento em suas residências, e até hoje nada foi feito. As manilhas que canalizam o Rio Iriri não aguentaram o volume de água devido à forte chuva que caiu na tarde daquela sexta-feira. Elas se romperam solo acima danificando as estruturas das casas e alagando praticamente a quadra toda. Com a chegada do verão os moradores temem presenciar novamente o fato.

casa do morador Jão Ferreira invadida pela água
Casa do morador João Ferreira invadida pela água no dia 15 de fevereiro de 2008. Foto do arquivo pessoal.

João Ferreira e sua esposa Marlene Ferreira, ambos de 60 anos, perderam praticamente tudo o que tinham, e sofrem a partir daquele episódio um forte medo em dias de chuva. “Eu não durmo quando chove, parece que vai acontecer tudo de novo”, é o que relata o aposentado. João até os dias de hoje reconstrói a sua casa, ele chegou a fazer um cômodo em um andar superior para não correr riscos com as enchentes que diz serem freqüentes, “é só chover e tudo alaga de novo, cheguei a ceder uma parte dos fundos do meu terreno à prefeitura para se fazer as obras, mais nada foi feito”.

Segundo João e os demais moradores da região, o que deve ser feito é a construção de uma galeria mais ampla que comporte o rio em dias de chuva, pois assim não cederia com o fluxo elevado de água nos dias chuvosos. A prefeitura diz ter feito o possível dentro dos limites financeiros para resolver o problema. Alega também que o rio não é tão grande assim para tal feito dizendo que galerias são realizadas somente em rios de grande porte.

João, um dos mais atingidos com o episódio, teme que no próximo verão, com o aumento das chuvas e dos fortes temporais o fato torne a ocorrer novamente. No incidente em fevereiro ele e sua mulher quase pararam debaixo de um muro de concreto que desabou com a força das águas. Foram socorridos por parentes que estavam em sua casa naquele instante. No dia praticamente nenhum dos móveis e eletrodomésticos de sua casa restou funcionando ou em condições de uso.

Fernando Nóbrega

Fotos do morador João Ferreira.

o que restou da moradia do João

O que restou da moradia do João.

Rua Epaminondas Santos em dia de enchente

Rua Epaminondas Santos em dia de enchente.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: