jump to navigation

Elvis Presley não morreu, faz shows no Bairro Alto novembro 29, 2008

Posted by mandryk in Bairro Alto, Cultura.
Tags: ,
trackback

Roupas e semelhança fisica chamam a atenção de quem vê o show

Elvis do Bairro Alto: roupas e semelhança física chamam a atenção de quem vê o show.

Se para muitas pessoas o cantor, dançarino, músico e ator que recebeu o título de “Rei do Rock” faleceu em 16 de agosto de 1977, para outras, contudo, Elvis Presley ainda vive. Mais do que isso, ele mora no Bairro Alto,  em uma casa dividida com várias famílias. Contudo o entusiasmo pelo cantor é exclusividade dele. O artista Luis Carlos Passos, de 39 anos, revive sempre que pode a maneira extravagante e ousada de dançar do ídolo norte-americano.

Elvis, como Luis Carlos é conhecido, aprendeu a gostar do estilo do cantor americano aos sete anos, logo na primeira vez teve contato com músicas do ídolo. Essa paixão aumentou após assistir à mini-série Elvis e Eu, uma produção de 1988 que conta a vida e Elvis com Priscila, com quem ele casou e teve uma filha. O balanço das pernas, o ritmo da música, o modo de vestir do rei do rock, foram os pontos-chave que chamaram a atenção de Luis, que na época ainda morava na Lapa (RJ).

Para ficar mais parecido com o ídolo, Luis deixa as costeletas e o cabelo “a lá” Elvis: “eu já tive costeletas maiores, mas tive que diminuir devido ao trabalho”, lamenta Passos. O dinheiro usado para produzir réplicas das roupas do ídolo também não foi pouco. Luis não revela o valor total, mas admite já ter gasto um bom dinheiro para se produzir como o cantor estadunidense. Atualmente Luis não está trabalhando registrado e os shows que faz ajudam nas despesas com o pai, que está doente. Passos não coleciona discos nem faz parte de fã-clube. Para ele, o embalo contagiante “está gravado na cabeça”, além do detalhe que, segundo ele próprio, “show ao vivo é sempre melhor”.

Com as interpretações que faz do ídolo, Luis já conseguiu algum destaque e reconhecimento no Bairro Alto. As músicas preferidas do dublê são os sucessos Blue Suede Shoes, All Shook Up, Kiss Me Quick, It’s Now Or Never. Ao som delas, Luis já conquistou posições destacadas em festivais de música e concursos de calouros. Suas melhores participações foram no Bairro Alto, como em 1999, num festival organizado por Genivaldo Santos na Associação de Moradores do Higienópolis (AMOHI); na antiga Vila dos Talentos ou mais recentemente na praça Pedro de Almeida, entre outras.

Não se sabe ao certo quantas pessoas imitam Elvis no mundo, mas existem sósias de todo tipo. Um exemplo é Elvinho, um ex-caminhoneiro de Santo André-SP. Assim como Luis Carlos, Elvinho apaixonou-se pelo “rei” assistindo a um filme, aos 8 anos de idade. Ele largou a estrada e hoje roda o Brasil apenas para fazer shows cover de Elvis. Outro exemplo é o padre romano Antonio Petrescu, que mora em Sorbo, Itália. Católico fervoroso, o padre e sósia diz encontrar “inspiração espiritual” no ídolo do rock.

Para contratar o show de Luis Carlos, o Elvis do Bairro Alto,  basta ligar para o telefone 3367-0224, falar com o próprio Elvis ou com Luis.

Repórter Fábio Mandryk

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: