jump to navigation

Painéis ao redor do Pinheirão foram feitos por crianças outubro 28, 2008

Posted by Lucas Gabriel Marins in Cultura, Educação, História, Tarumã.
trackback

Desde 2007, interditado por ordem judicial, o estádio Pinheirão está sujo, descuidado e lotado de pichação. No primeiro passo após ultrapassar o portão que separa a Avenida Victor Ferreira do Amaral, no Tarumã, do centro esportivo, percebe-se na parte superior da estrutura diversos desenhos, únicos artifícios que proporcionam beleza a local tão maltratado. Ao verificar as assinaturas abaixo de figuras mais que belas, a surpresa é constatar que os mosaicos foram feitos por crianças.

Bruno

Bruno Monreal expõe originais dos mosaicos dispostos no Pinheirão.

Em 2003 a Federação Paranaense de Futebol junto ao Governo do Estado promoveu um concurso que reuniu milhares de estudantes da rede pública. Em comemoração aos 150 anos de Emancipação Política do Paraná e por ocasião do jogo entre Brasil e Uruguai, o conjunto de painéis dispostos no Pinheirão foi inaugurado.

Na federação Paranaense de Futebol, o assessor de imprensa Bruno Deichmann Monreal, recentemente contrato pela entidade, mostrou os originais enviados pelas crianças. Ao dispersar as folhas sulfites sobre a mesa da sala de reunião, seus comentários demonstraram total admiração pelas criações. “Nem parece que foram feitas por crianças”.

No concurso, realizado há cinco anos, apenas estudantes de 5ª a 8ª série participaram. No total, 198 municípios enviaram desenhos. Dentre os 2.200 alunos que se inscreveram, 57 foram selecionados e hoje suas obras que tratam de temas como esporte, fauna, flora, pontos turísticos, agriculta e folclore estão dispostas no muro do estádio. De Curitiba, foram dez ganhadores.

Desenho original enviado por estudantes ao concurso.

A estudante Daiane dos Santos Silva na época do concurso estava na 5ª série. Hoje, a menina que ficou em 4º lugar, está no 2º ano do ensino médio. Continua no mesmo colégio, Moradias Monteiro Lobato, no Tatuquara, e diz não saber qual profissão seguir. “ Não sei ainda o que quero ser, mas acho que não vou pra área artística”.

Sobre o desenho produzido, ela afirmou não ter se preparado. “Fiz o desenho por fazer”, afirma. Segundo Daiane o colégio avisou sobre o concurso, e ela, adepta a novas aventuras, resolver tentar. O prêmio, além da honra de ter seu desenho ao redor do estádio, foi assistir a partida entre Brasil e Uruguai, em que as seleções empataram.

Lucas Marins

Comentários»

1. Aldair dalla - outubro 11, 2016

Eu fui uma dessas crianças 10 crianças que ganharam o concurso,e queria saber o que aconteceu com esses desenhos?


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: